Policiais prendem dois homens e libertam rapaz seqüestrado

Policiais do Grupo Armado deRepressão a Roubos e Assaltos (Garra), da Polícia Civil,prenderam na noite de sábado, por volta das 23h, dois homens acusados deseqüestrar um rapaz à tarde, no Itaim Bibi, em São Paulo.Ronaldo Fernandes Nunes, de 23 anos, e o irmão dele, RonílsonNunes, de 24, estavam em um bar na Rua Bartolomeu Canto, naFreguesia do Ó, zona norte da capital paulista. A namorada deRonílson também foi presa. O estudante, de 17 anos, foi levado quando saía de umcurso de Enfermagem na Rua Bandeira Paulista. Ele foi levado deônibus até o bar, onde ficou com os bandidos por mais de cincohoras. A dupla ligou para a mãe do menor e pediu R$ 5 mil paraliberá-lo. Após muita conversa, o valor caiu para R$ 4.300,00. Olocal marcado para a entrega do dinheiro foi o próprio bar. A mãe do estudante chegou ao bar acompanhada pelospoliciais. Segundo o delegado Carlos Mezes, do Garra, Ronílsonandava muito bem vestido, de terno e gravata, pela região do bar perto de uma Igreja Universal e passava-se por pastor. Anamorada de Ronílson, Gisele de Souza Baía, de 33 anos, foidetida em um barraco no Jardim Canindé, zona norte. Ela ligoupara o celular do namorado para saber se o dinheiro já haviasido entregue. Ronílson deu o endereço aos policiais, queprenderam Gisele.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.