Policiais são baleados e matam assaltante no RJ

Dois policiais civis foram baleados nesta tarde, numa troca de tiros com assaltantes. Os inspetores José Magalhães e Luís Matos foram rendidos pelos criminosos, mas reagiram. Eles conseguiram ferir um dos bandidos, e outro morreu. Os policiais e o assaltante sobrevivente foram socorridos e levados para o Hospital do Andaraí.Magalhães e Matos passavam pela Rua Barão do Bom Retiro, no Grajaú, zona norte, num Citroën Safira, quando um Fiat emparelhou com o carro em que estavam. Os assaltantes mandaram que os inspetores parassem o carro e passaram para o Safira, abandonando o Fiat.Pouco tempo depois, os policiais reagiram e houve troca de tiros dentro do Safira. Magalhães foi baleado na perna direita e Matos ficou ferido no ombro e antebraço direitos e na coxa esquerda. Um assaltante foi atingido no tórax e abdome. Os três foram submetidos a cirurgia no Hospital do Andaraí e estão em estado é considerado estável. O outro assaltante, de cerca de 27 anos, morreu antes de chegar ao hospital.O policial civil Nildo dos Santos, uma das vítimas dos ataques da madrugada de quarta-feira, foi submetido à terceira cirurgia na manhã de ontem no Hospital Central da Polícia Militar (HCPM). Ele foi atingido por três tiros no abdome ao passar por uma falsa blitz, em São Cristóvão, promovida por um dos ?bondes? (comboios de criminosos) formados em represália à ação da polícia que frustrou a fuga de Bangu 3. O estado de saúde de Santos ainda é grave, mas considerado estável pelos médicos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.