Policiais são detidos ao escoltar carga roubada

O escrivão da Polícia Civil Marcelo Moura de Sá e o carcereiro da cadeia pública de Jardinópolis Tiago Ferreira da Silveira Moreira foram presos na Rodovia Régis Bitencourt, em Registro, no Vale do Ribeira. Eles foram detidos pela Polícia Rodoviária quando viajavam em uma Blazer que acompanhava uma carreta suspeita de transportar carga roubada.Os policiais rodoviários teriam pedido a nota fiscal dos produtos e constatado que elas eram falsas. Na Delegacia de Investigações Gerais de Registro, os policiais afirmaram que estavam levando um caminhão que seria roubado para o Deic em São Paulo.Mas o motorista da carreta, Lindomar Pereira, disse que foi interceptado na estrada pelos dois policiais e forçado a entrar no carro. O caminhão que transportava uma carga de produtos importados teria sido roubado por uma terceira pessoa identificada pela polícia como Hélio Antônio de Oliveira, conhecido como Pica-Pau, residente em Ribeirão Preto e com a responsabilidade de levar a carreta Scania com as mercadorias avaliadas em R$ 600 mil para São Paulo.Os dois policiais foram autuados em flagrante nesta quarta-feira pelo crime de peculato e, depois de ouvidos na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Ribeirão Preto, foram recolhidos ao presídio especial da Polícia Civil em São Paulo. O diretor do Deinter 3 Luiz Roberto Spadafora disse esperar uma investigação rigorosapor parte da Corregedoria da Polícia sobre o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.