Policiais são punidos por fotos com turistas e armas no RJ

O comando da Polícia Militar do Rio de Janeiro decidiu punir nesta quarta-feira, 24, os policiais que apareceram em fotos ao lado de turistas estrangeiras brincando com fuzis e algemas na cidade de Parati, no litoral sul do Estado. Nas fotos, tiradas em novembro e publicadas recentemente em um site pessoal na internet, as turistas aparecem simulando estar algemadas e apontando as armas para o alto diante dos policiais e de um carro da PM. Os policiais aparecem sorrindo, assim como as mulheres. "Os policiais transgrediram as regras e serão punidos", disse a jornalistas o comandante da PM, coronel Ubiratan Ângelo, nesta quarta-feira, após as fotos terem sido divulgadas pela mídia."Não há problema em tirar fotos com turistas, mas não aquele tipo de foto. A farda é sagrada, e a arma do policial também, isso é coisa que não se brinca", disse. A PM informou que os três policiais teriam tirado as fotos após terem ajudado um grupo de turistas a encontrar uma pousada na cidade de Parati, em novembro. Os envolvidos estão detidos administrativamente no batalhão de Angra dos Reis, onde estão sendo interrogados, e disseram no depoimento que os fuzis estavam sem munição, de acordo com a polícia. "Esse tipo de procedimento acaba manchando a imagem da corporação. (As fotos) ganharam uma proporção enorme", disse o tenente-coronel Rogério Seabra, relações-públicas da corporação. "Mesmo com os fuzis desmuniciados, eles não poderiam ter permitido que as turistas brincassem com o armamento", completou Seabra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.