Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Policiais são suspeitos de sequestro e assassinato no Rio

Cinco policiais militares são suspeitos de ter seqüestrado e assassinado o comerciante Mario Jorge Ferreira, de 29 anos, desaparecido em 3 de junho. Todos já foram identificados, mas seus nomes não foram divulgados. A PM também não informou se eles estão presos.Imagens de câmeras que registram o trânsito na cidade e do circuito interno do estacionamento de um shopping center localizado no Cachambi, zona norte, mostram que Ferreira estava sendo seguido por PMs em um carro branco e em dois carros da corporação. Testemunhas afirmaram que, após deixar o shopping, o comerciante foi interceptado pelos policiais que estavam nos carros da PM. Eles seqüestraram Ferreira e levaram seu carro. Não há registro de sua prisão.Os seqüestradores chegaram a telefonar para a família da vítima, pedindo resgate, mas o corpo do comerciante foi encontrado em um valão na Cidade de Deus, em Jacarepaguá, zona oeste, antes que o pagamento fosse feito. No mesmo lugar, havia outros três cadáveres. A polícia investiga se são vítimas de crimes cometidos pela mesma quadrilha de PMs. O inspetor-geral de polícia, coronel João Carlos Ferreira, não tem dúvidas sobre o envolvimento dos policiais no seqüestro do comerciante. ?Nós já temos provas circunstanciais, técnicas e testemunhais que tornam evidente a participação desses policiais?, afirmou. Nos depoimentos, os suspeitos negaram ter cometido o crime e disseram ter ido ao shopping para conversar com um informante.

Agencia Estado,

22 de julho de 2004 | 20h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.