Policial atira em colega em clube de strip-tease

Devia ser uma ?noite country?. Mas o espetáculo na madrugada desta terça-feira, na American Show Brazil, uma casa de strip-tease no bairro de Moema, zona sul de São Paulo, terminou com a prisão em flagrante, por tentativa de homicídio, de um delegado da Polícia Civil de São Paulo. Renato Luiz Engler Pinto, do 34º DP, na Vila Sônia, atirou em um investigador da Divisão Anti-Seqüestro (DAS), que também estava na casa de shows.O disparo atingiu, de raspão, a orelha do policial. Eram cerca de 2h30. A casa de shows ? que se intitula ?o primeiro strip clube do Brasil? ? fica na Avenida dos Carinás, 318. O delegado de 2ª classe conversava com uma das moças da casa, quando uma discussão teve início. O delegado teria sacado sua pistola calibre 40. Um investigador da DAS, identificado como Rodrigo, viu a discussão e tentou intervir.Ele anunciou que era policial e mandou o acusado largar a arma. O delegado atirou no investigador, acertando-o de raspão na orelha esquerda. O acusado foi preso, autuado em flagrante pela corregedoria, e ocupa uma das celas do Presídio da Polícia Civil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.