Policial civil da capital preso em Campinas

O policial civil Airton Lopes de Aquino, funcionário do 22º Distrito Policial de São Paulo, localizado no Itaim Paulista, zona Leste da capital, é acusado de integrar uma quadrilha de roubo de cargas. As informações são da emissora EPTV de Campinas. O investigador foi baleado e preso nesta quinta-feira, em Campinas, interior do Estado, numa troca de tiros com policiais rodoviários e militares da área. Outros três homens foram presos e com eles foram apreendidos cinco fuzis, uma metralhadora e uma pistola automática, todas as armas de uso exclusivo do Exército. Além do policial, um vigia que fazia escolta particular também foi ferido no tiroteio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.