Policial é baleado em tentativa de assalto

O investigador da Polícia Civil Sizino Santana Jesus, 54, foi baleado ontem ao reagir a uma tentativa de assalto na porta da própria casa, no bairro do Mandaqui, zona norte de São Paulo. Ele foi abordado por três assaltantes - dois estavam em cima de motos e o terceiro estava a pé - e trocou tiros. Durante o tiroteio, Jesus foi baleado no peito e no braço, mas acertou um dos assaltantes. Os criminosos fugiram e o policial foi internado ao Hospital do Mandaqui e, segundo os médicos, não corre risco de morrer.O ladrão baleado na perna não conseguiu pilotar a motocicleta em que estava e montou à garupa da outra, sendo levado pelo comparsa. A moto Honda Biz, em que ele estava, ficou abandonada no local. Policiais militares, que foram atender à ocorrência, descobriram que a moto havia sido roubada às 21 horas de ontem, e que seu proprietário foi abordado por cinco criminosos. O terceiro assaltante fugiu a pé. Mais tarde, na Avenida Engenheiro Caetano Álvares, os dois criminosos, que fugiram na moto, assaltaram a promoter Hilda Francisca de Sá, de 43 anos. Ela estava com Paulo Cesar Santana, de 39, em seu carro, um Logus. Os ladrões levaram esse veículo e abandonaram a motocicleta, que segundo os policiais apuraram, foi roubada na zona norte no dia 18 de outubro.O Logus roubado ainda não foi localizado pela polícia, nem o assaltante baleado deu entrada em algum hospital na região próxima à do tiroteio. O inquérito foi registrado no 20.º DP, de Água Fria, para onde foram levadas as duas motocicletas abandonadas pelos criminosos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.