Policial é encontrado morto no rio Tietê

Um dos dois soldadosda Policial Militar Ambiental que desapareceram na sexta-feira demanhã na Represa Três Irmãos, em Pereira Barreto, foi encontrado morto, no início danoite de ontem, no fundo do Rio Tietê. Richard Arrison de Oliveira Sallestinha 23 anos. Não foi encontrado coletesalva-vidas junto a seu corpo. Até a madrugada deste sábado não foi localizado seucolega Darci Eugênio dos Santos, de 36 anos. Por volta de 9h da manhã de ontem, os soldados Salles e Eugênio iniciaram umapatrulha para verificar a documentação de pescadores.Um pescador afirmou ter visto o barco dos policiais vazio, com o motor ligado, fazendo círculos na água, e umapessoa nadando. Durante todo o dia de ontem foram feitas buscas no leito do Rio Tietê. Participaram das buscas equipes doCorpo de Bombeiros de Pereira Barreto, de Andradina, deAraçatuba, de Birigui, de Presidente Prudente e de Penápolis. Ocadáver do soldado foi encontrado às 19h45 de ontem, num lago a cerca de20 metros da margem do rio. Vestindo bermuda, camisa e jaqueta de frio, trazia a arma nacintura. O corpo de Salles será enterrado às 10h emAndradina. As buscas pelo soldado Eugênioforam interrompidas à noite e devem recomeçar na manhã de hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.