Policial é executado na via Anchieta

O policial Edmilson de Melo Barreto, de 31 anos, morreu neste domingo, após receber dois tiros, um no pescoço e outro na cabeça, de um homem ainda não identificado. O crime aconteceu no posto de pesagem de caminhões, no quilômetro 54 da rodovia Anchieta, por volta das 6h40. Segundo a Ecovias, empresa que administra a rodovia, ele foi encontrado baleado ao lado do veículo da polícia, pelo policial que deveria rendê-lo no posto, por volta das 7h. Funcionários disseram ter ouvido os disparos, que teriam sido confundidos com o barulho do escapamento de uma motocicleta, segundo a Ecovias. Barreto foi levado à Santa Casa de Santos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.