Policial é preso depois de matar estudante

O policial militar Hebert Fernando Campos, de São José dos Campos, foi preso em flagrante na madrugada de domingo, depois de matar o estudante Hélder Luiz de Oliveira Júnior, no bairro do Pedregulho, em Guaratinguetá. Segundo testemunhas, uma discussão teria gerado o assassinato. Entre uma ameaça e outra, o policial sacou um revólver e disparou cinco tiros na vítima. De acordo com o Comando da PM de Lorena, o policial acusado alegou ter atirado em legítima defesa, quando percebeu que a vítima estava armada. O policial Hebert Fernando Campos foi levado para o presídio Romão Gomes em São Paulo, onde vai permanecer preso. O Comando da PM não revelou outros detalhes do crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.