Policial ferido em queda de helicóptero no Rio permanece em estado grave

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, agente passou por cirurgias no tórax, abdômen e na cabeça

Vitor Abdala, Agência Brasil,

05 Maio 2013 | 17h12

Rio de Janeiro - O policial civil Cláudio Fernandes, ferido durante queda de helicóptero na cidade do Rio de Janeiro, na última quinta-feira, 2, segue internado, em estado grave no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Municipal Miguel Couto, na zona sul da cidade.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ele está em coma induzido sem apresentar evolução no quadro de saúde. O agente passou por cirurgias no tórax, abdômen e na cabeça.

O helicóptero esquilo PPEIH caiu no Centro de Treinamento da Polícia Civil no bairro do Caju, zona portuária da capital fluminense. Cinco policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) ficaram feridos, dos quais quatro receberam alta hospitalar. A polícia e a Aeronáutica ainda investigam a causa do acidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.