Policial militar de São Paulo é preso em roubo em Minas

Além do policial, mais 6 foram presas suspeitas de terem roubado R$ 25 mil de uma concessionária de veículos

Leonardo Werner, especial para o Estado,

19 de janeiro de 2008 | 18h48

Sete pessoas foram presas na sexta-feira, 18, suspeitas de terem roubado R$ 25 mil de uma concessionária de veículos de Ipatinga, no leste mineiro. Entre os acusados, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), está um membro da Polícia Militar de São Paulo. Segundo informações da polícia, a quadrilha alugou dois veículos em Belo Horizonte e partiu para Ipatinga, onde assaltou uma concessionária. Na fuga, o grupo se dividiu. Cinco integrantes rumariam para Itabira (a 111 km de Belo Horizonte). Outros dois iriam em direção a São Paulo. Este último grupo sofreu um acidente na BR-381. Os acusados abandonaram o veículo e fugiram. A polícia conseguiu encontrar dois deles: Antônio Souza Fernandes e Custódio Lourenço Neto, que seria policial militar em São Paulo. Com eles foram encontrados R$ 7.000 e uma arma. A dupla indicou, em interrogatório, onde estava o restante da quadrilha. A PRF de Itabira foi acionada e, em conjunto com a PM e a Polícia Civil, conseguiu localizar os demais componentes do grupo. Com eles, foram apreendidos R$ 18,5 mil, equipamentos de som, duas pistolas, dois revólveres e uma carteira falsificada da Polícia Civil de São Paulo. Foi encontrado ainda um rádio na freqüência utilizada pela PM.

Tudo o que sabemos sobre:
Policialroubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.