Policial militar é suspeito de estupros na Grande SP

Um policial militar, de 29 anos, foi preso na madrugada desta quinta-feira, 8, acusado de praticar mais de 10 estupros em municípios da Grande São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o cabo foi preso horas depois de estuprar mãe e filha, em Ribeirão Pires, no ABC paulista. O caso ocorreu na noite de quarta-feira,7. O policial atacou as duas, que estavam em um ponto de ônibus, na rua João Batista de Campos, no bairro de Rancho Alegre. As vítimas foram levadas pelo cabo até uma garagem abandonada, ameaçadas com uma arma. As vítimas fizeram o boletim de ocorrência e horas depois a polícia prendeu o estuprador em sua casa, no bairro Rio Grande da Serra, também em Ribeirão Pires. Ele negou o crime.De acordo com a polícia, o suspeito agia sempre em sua moto vermelha, desde dezembro do ano passado. Na casa do policial, foram apreendidas uma arma e a motocicleta que teria sido usada nos crimes. O policial foi encaminhado à cadeia de Santo André.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.