Pombo levava peças de celular para presídio

Policiais Militares do Rio Grande do Sul saíram da rotina para capturar um pombo-correio em missão suspeita e acidentada, ontem, em Porto Alegre. A ave caiu no pátio do 4º Regimento de Polícia Montada da Brigada Militar. Em vez de uma mensagem, portava uma bateria e um carregador de celular. Os soldados concluíram que o pombo voava em direção ao Presídio Central, próximo dali.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.