Ponte da Régis Bittencourt será entregue nesta sexta

A ponte sobre a Represa Capivari-Cachoeira, no quilômetro 42,6 da Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), no sentido Curitiba-São Paulo, será reaberta às 15 horas de sexta-feira, dia 31. Parte dela tinha desabado na noite de 25 de janeiro do ano passado. No acidente, um caminhão caiu na represa e uma pessoa morreu afogada.De acordo com o engenheiro Ronaldo Jares, responsável por esse trecho no Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (Dnit), no mesmo instante em que a ponte for entregue, a outra, que deveria receber apenas os carros que seguem de São Paulo para Curitiba, mas que vinha sendo utilizada para o tráfego nos dois sentidos, será parcialmente interditada para algumas obras de reforço. "Vamos trabalhar em meia pista", acentuou o engenheiro. A previsão é que o trabalho demore 15 dias.Segundo o engenheiro, os gastos totais desde a queda de parte da ponte foram de R$ 29 milhões. Desse volume, R$ 13 milhões foram exclusivamente para a reconstrução de cerca de 120 metros da ponte. A queda atingiu 80 metros, mas o Dnit decidiu acrescentar mais um conjunto de 40 metros. No total a ponte passa a ter 360 metros.Jares acrescentou que o atraso na entrega da obra é de apenas um mês. De acordo com ele, no dia seguinte à queda foi feito o desvio do tráfego e decretada emergência. A reconstrução foi iniciada no dia 5 de agosto, com término previsto para o final de fevereiro. As chuvas contínuas nesse período teriam atrasado a entrega em um mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.