População carioca protesta contra violência na cidade do Rio

Integrantes do Viva Rio e da Escola de Samba Alegria da Zona Sul e familiares de vítimas da violência em comunidades carentes do Rio realizarão um ato público e uma passeata amanhã, para protestar contra a violência em morros e favelas da cidade, onde o cidadão comum é vitimado ou pela atuação dos traficantes ou pela ação, às vezes equivocada, da Polícia.Trata-se do "Nas Asas da Paz", um ato organizado pela Associação de Moradores do Cantagalo e Pavão/Pavãozinho. A iniciativa terá o apoio de diversas lideranças comunitárias locais e do Movimento Viva Rio. O evento, que contará também com uma ala de organizações dos direitos humanos, terá concentração na esquinas das ruas Sá Ferreira e San Roman, próximo à entrada do Pavãozinho, às 9h. De lá, os manifestantes sairão em passeata pela Avenida Atlântica, na orla marítima de Copacabana. Segundo dirigentes do Movimento Viva Rio, a manifestação é uma resposta aos "acontecimentos recentes em comunidades pobres da cidade e que têm provocado a morte de pessoas inocentes, vitimadas pela violência policial, pela ação do crime organizado ou do uso indiscriminado de armas de fogo". As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.