População do Nordeste é a que tem mais medo de morrer assassinada

Com a segunda maior média de homicídios, região tem quase 86% dos habitantes com medo de serem mortos

Estadão.com.br, com Agência Brasil

30 Março 2011 | 14h10

BRASÍLIA - Apesar de ter o maior índice de alta confiança na polícia, mesmo que seja abaixo dos 6%, o Nordeste também é a região que tem o menor índice de sensação de segurança do País. Segundo o Sistema de Indicadores de Percepção Social (Sips) sobre segurança pública 2010, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 85,8% dos entrevistados têm medo de serem assassinados.

 

Veja também:

documento Estudo completo do Sips sobre segurança pública

 

Apesar de não existir relação entre os dados, por causa do um ano de diferença, a região teve uma das maiores médias de taxa de homicídio doloso: 29,3 para cada 100 mil moradores, segundo levantamento de 2009 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Depois dos nordestinos, os habitantes das regiões Norte e Sudeste são os que mais têm medo de assassinatos (78,4% em cada região), seguidos do Centro-Oeste (75%) e do Sul (69,5%).

 

O Sudeste, apesar de não apresentar um nível alto de sensação de segurança entre sua população, possui o menor índice de homicídio doloso do país: 21,77 homicídios por 100 mil habitantes, também conforme levantamento de 2009 do IBGE.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.