Divulgação
Divulgação

Por falta de higiene, mais de cem cães são retirados de casa no RS

Proprietária foi encaminhada para atendimento psicológico; apesar da sujeira, animais apresentavam bom estado de saúde

Lucas Azevedo , Especial para O Estado

05 de fevereiro de 2015 | 20h18

PORTO ALEGRE - A Justiça gaúcha determinou a retirada de mais de cem cães de uma casa na zona leste de Porto Alegre por causa das más condições de higiene do local. A proprietária, uma mulher que não teve a identidade revelada, foi encaminhada para atendimento psicológico.

O recolhimento dos cachorros ocorreu nessa quarta-feira, 4, por uma equipe da prefeitura, que contou também com a presença de veterinários. Os animais apresentavam, em sua maioria, bom estado de saúde, medicados, castrados e identificados por chip. Entretanto, a falta de limpeza - a casa não possui móveis inteiros e a proprietária dormia em uma mesa - e o barulho dos cães vinham gerando reclamações da vizinhança. Os animais foram encaminhados para casas de passagem cadastradas pela prefeitura e serão disponibilizados para adoção.


Há um ano a Secretaria Especial dos Direitos Animais, em parceria com a secretaria de Saúde de Porto Alegre, atua com um grupo de trabalho de prevenção ao colecionismo. O objetivo é agir em casos de pessoas com excesso de animais em locais inadequados.

Tudo o que sabemos sobre:
Porto Alegre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.