Porcão perde concorrência para continuar no Aterro

O restaurante Garcia & Rodrigues ganhou ontem a licitação da prefeitura para ocupar, por seis anos, o imóvel onde hoje fica o Porcão Rio"s, no Aterro do Flamengo, zona sul. O aluguel oferecido foi de R$ 512 mil mensais, bem superior aos R$ 346 mil ofertados pelo Porcão para manter o espaço. De acordo com o chef e diretor de Operações do Garcia & Rodrigues, Christophe Lidy, a proposta é continuar com uma churrascaria no local, mas incrementar com outros serviços de comida.

Talita Figueiredo, RIO, O Estadao de S.Paulo

15 de setembro de 2009 | 00h00

"O ponto é tradicional na cidade e, por isso, vamos continuar com o serviço de carnes. Sabemos que muitos turistas frequentam o lugar para comer churrasco. Por outro lado, o lugar é bem grande e teremos a possibilidade de complementar com café da manhã, chá da tarde e ainda com um bar de bossa nova e jazz", contou Lidy. Segundo o chef, a ideia é fazer uma reforma na casa, que deve durar em torno de três meses, mas a intenção é abrir ainda neste ano. O nome do novo empreendimento é mantido em segredo por Lidy.

O Porcão Rio"s tem cinco dias para recorrer do resultado e, caso não o faça, precisa entregar o imóvel em 20 dias. Segundo Lidy, pode ser que parte da equipe da casa seja mantida. "Tem ali gente com muita experiência nesse tipo de serviço", disse. O Porcão Rio"s ocupa o espaço desde 1998, quando venceu a concorrência que tinha dez anos de validade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.