Porta-Aviões fica em Santos até terça

O Presidente Fernando Henrique Cardoso já deixou o navio aeródromo "São Paulo", após participar da cerimônia de transferência de atividades do Porta-Avião. A partir de hoje, o Porta-Aviões passa ao setor operacional. Fernando Henrique decolou do convés do porta-aviões em um helicóptero da Marinha, em direção ao seu sítio em Ibiúna, interior de São Paulo. Não há previsão de audiência durante os dias em que ficará em Ibiúna. FHC retorna para Brasília na próxima segunda-feira. O Porta-Aviões "São Paulo" fica ancorado no Armazém 30 do porto de Santos até a próxima terça-feira, quando regressa ao Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.