Portal do 'Estado' bate recorde de audiência em outubro

Número de page views atingiu 112 milhões, um aumento de 21,7% sobre o recorde anterior do estadão.com.br

, O Estado de S.Paulo

02 Novembro 2010 | 00h00

As eleições fizeram o estadão.com.br bater seu recorde de page views no mês de outubro. O portal do Estado atingiu a marca de 112 milhões de cliques, o que representa um aumento de 21,7% em relação ao recorde anterior, que era de 92 milhões de page views.

Os pontos altos da cobertura foram os infográficos com a análise das urnas, inédito entre os portais brasileiros, e as entrevistas na TV Estadão, que ficou no ar mais de sete horas, ao vivo, tanto no primeiro quanto no segundo turno. Além disso, o estadão.com.br usou amplamente o Twitter, o Facebook e o blog Radar Político, que ultrapassou a marca de 1 milhão de acessos em outubro, para divulgar informações sobre o processo eleitoral.

Os internautas que navegam pelo portal desde o dia 3 de outubro tiveram acesso a mapas com resultados da votação para presidente em todos os municípios do País, com destaque para o detalhamento da distribuição de votos nas cidades de São Paulo e Rio, com a votação dos candidatos a presidente e governador nos dois turnos. Os mapas eram alimentados em tempo real, à medida em que os votos eram computados.

Um outro mapa foi distorcido de acordo com o peso do eleitorado de cada município, revelando um Brasil diferente. A abstenção também foi contemplada no trabalho. Graças à integração do portal com a redação do jornal, os mapas deixaram o portal e puderam ser vistos também nas páginas do Estado.

Na TV Estadão, mais de 20 convidados participaram de entrevistas nos estúdios montados dentro das redações do jornal em São Paulo e em Brasília. Demétrio Magnoli, José Álvaro Moisés, Carlos Melo, Roberto Romano, Humberto Dantas, Eugenio Bucci, Chico Whitaker, João Paulo Peixoto, Soninha, além de representantes do PSDB e do PT, passaram pelas bancadas.

A análise das urnas ficou por conta de José Roberto de Toledo, com entradas ao vivo durante a programação.

Entre os dias 17 de agosto e 29 de outubro, o "Política às 5", programa ao vivo apresentando por Felipe Machado e Luís Fernando Bovo, entrevistou políticos e analistas, de segunda à sexta, sempre com a participação dos internautas, que mandavam perguntas pelo Twitter e por e-mail. Entre os convidados, a senadora Marina Silva (PV), o presidenciável Plínio de Arruda Sampaio e o governador de São Paulo, Alberto Goldman (PSDB).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.