Posto é fechado sete vezes por vender gasolina adulterada

Um posto de gasolina localizado na Zona Norte de São Paulo foi interditado pela sétima vez pela Agência Nacional de Petróleo, nesta terça-feira, 10. Só neste ano foram três interdições por comercialização de combustível adulterado e falta de licença da ANP. Os fiscais foram novamente ao posto, nesta terça, e se impressionaram com o nível de adulteração. A gasolina continha 90% de álcool. O proprietário não estava presente no momento da operação. Apenas uma menina menor de idade prestava atendimento aos clientes. Nos dias 31 de maio e 25 de junho fiscais da ANP já tinham interditado o posto com faixas e fitas, que logo foram arrancadas. Para evitar que isso acontecesse de novo, a operação de ontem contou com o apoio da Prefeitura e da Polícia Fazendária. O posto será fechado com blocos de concreto para impedir de vez a entrada de veículos. O estabelecimento, registrado como Auto Posto Margeor, está localizado no número 100 da Avenida Casa Verde.

Naiana Oscar, do JT

10 Julho 2007 | 16h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.