Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Pousos em Viracopos complicam a vida de passageiros

Entre vários problemas, passageiros tiveram que viajar para a capital em ônibus

Agencia Estado

02 de julho de 2007 | 10h04

Passageiros da Gol Linhas Aéreas cobraram, irritados, na manhã deste sábado, 30, informações sobre transferência de seus vôos do Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, para o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. De acordo com dois passageiros que integram o grupo que tentou conversar com os funcionários do check-in da Gol, ao menos 200 pessoas aguardam o embarque desde a noite desta sexta ou madrugada deste sábado - muitos dormiram no aeroporto. Os representantes da Gol no aeroporto em Campinas não dão informações precisas sobre a situação. Alguns passageiros foram informados apenas de que não há infra-estrutura e tripulação para atender a demanda. Na assessoria da Gol em São Paulo, a informação dada ao Estado, por telefone, é a de que só há plantonistas para repassar informações para a imprensa em casos de emergência. A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) faz nesta manhã levantamento do número de vôos transferidos e atrasados e tenta informações junto à companhia. Mais de 20 vôos com destino a aeroportos da capital paulista, vindo do exterior, foram desviados na noite de sexta-feira para o Aeroporto Internacional de São Paulo, na cidade de Campinas.Segundo informações da Infraero em São Paulo, o Aeroporto de Congonhas fechou por volta de 19h30 de sexta-feira por causa da neblina e, por isso, os vôos tiveram de ser desviados para outros aeroportos ou até mesmo cancelados.Texto ampliado às 10h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.