Prática será investigada por CPI

Com apoio de parlamentares de todos os partidos, o senador Magno Malta (PR-ES) conseguiu ontem as 27 assinaturas necessárias para criar a CPI da Pedofilia, encarregada de investigar a existência dessa prática e sua ligação com o crime organizado. A expectativa é iniciar a investigação no Congresso, em fevereiro.Magno afirma que a sua iniciativa foi estimulada pela Operação Carrossel, feita para reprimir a pedofilia na internet. Ele prevê que, a partir dos resultados desse trabalho, "aparecerão imagens e informações que, com certeza, chocarão a sociedade".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.