Prédio anexo a hospital não ameaça desabar, diz UFRJ

Após abalos estruturais em dois pilares de prédio vizinho, parte dos pacientes está sendo remanejada

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

22 de junho de 2010 | 01h53

Apesar dos danos estruturais apresentados em dois pilares durante a madrugada desta segunda-feira, 21, o prédio anexo ao do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) não corre risco de desabar, segundo o que informou a direção do estabelecimento.

 

De acordo com o hospital, "por medida de segurança, para pacientes e funcionários, algumas áreas do hospital estão sendo remanejadas para outros setores. O hospital afirma que foram realizados uma "rápida e imediata contenção estrutural dos pilares com placas e vigas de aço nas duas colunas e o remanejamento interno de 79 dos 260 pacientes.

 

"As medidas que estão sendo adotadas, do ponto de vista estrutural, segundo os especialistas e técnicos, são adequadas para conter a evolução do abalo retirando o risco iminente de desabamento, em 24 horas, que é o período critico nesse tipo de situação", tranquiliza José Marcos Eulálio, diretor-geral do HUCFF.

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
UFRJFundão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.