Prédio da Cesp começa a ser reconstruído

Em vez de uma estrutura coberta por telas, duas torres espelhadas vão ocupar o espaço onde ocorreu um dos grandes incêndios da cidade. A Companhia Energética de São Paulo (Cesp) está reconstruindo os edifícios-sede na Avenida Paulista. Em 1987, o fogo destruiu parte de um dos prédios - que teve de ser implodido - e provocou a morte de um funcionário. A obra deve ser concluída até outubro de 2003. Há dois meses, começou a demolição do que restava da parte frontal do edifício-sede 1 - à esquerda de quem vê o imóvel - e de quatro pisos do Shopping Center 3. A ConsBem, empresa vencedora da licitação aberta em setembro, está executando as novas fundações. Leia no Estado

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.