Prefeito de Araçariguama inclui filtro solar em cesta básica

O prefeito de Araçariguama, no interior de São Paulo,Carlos Aimar (PFL), determinou a inclusão de filtro solar entre os produtos da cesta básica distribuída aos funcionários municipais. A cesta é entregue mensalmente a 400 servidores do município. Segundo Aimar, o filtro deverá ser usado pelos funcionários do setor de obras e integrantes de frentes de trabalho que permanecem muito tempo no sol. "Estamos prevenindo o câncer de pele", justificou.Preocupado em melhorar a cultura do pessoal, ele mandou também incluir livros e convites para teatro e cinema entre os alimentos. A medida causou tanta polêmica na cidade quanto outras já adotadas pelo prefeito. No final do ano passado, ele armou os guardas municipais com pistolas que disparam raios paralisantes. Os equipamentos foram importados dos Estados Unidos. Aimar também proibiu a operação de radares móveis em rodovias como a Castelo Branco, que corta o município. Ele chegou a apreender vários equipamentos, entre eles um que teria flagrado seu veículo em excesso de velocidade.Também causou polêmica a compra da sucata de um avião que, reformado, foi fixado num ponto alto da cidade. No interior da aeronave, ele mandou fazer um cinema. Vereadores contestaram o valor gasto com o projeto - cerca de R$ 100 mil. Outro "adorno" da cidade, uma escultura com mais de 20 metros em aço inoxidável, é chamado de "monstro de lata" ou "dom Quixote", embora a obra represente o português Afonso Sardinha, que no século 17 descobriu ouro e fundou a cidade. Na semana passada, Aimar anunciou ter transferido sua residência eleitoral para São Roque. Como não poderá se candidatar, pois já foi reeleito, ele pretende se eleger na cidade vizinha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.