Prefeito de Ceará-Mirim exonera secretariado

RIO GRANDE DO NORTE

, O Estado de S.Paulo

25 Outubro 2010 | 00h00

Com a folha de pessoal ultrapassando os 54% do orçamento, como limita a Lei de Responsabilidade Fiscal, o prefeito de Ceará-Mirim, Antônio Peixoto (PR), decidiu exonerar todos os cargos comissionados, secretários e acabou com as funções comissionadas, que eram ocupadas por servidores concursados. No total, foram 289 exonerações. O município fica na região metropolitana de Natal, capital do Estado. O prefeito informou, no entanto, que todos os demitidos vão continuar trabalhando "voluntariamente" no Executivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.