Prefeito de cidade do ABC escapa de bandidos

A Polícia Civil da cidade de Rio Grande da Serra, no grande ABC paulista, investiga a ação de dois criminosos contra o prefeito da cidade, Ramon Velasquez, do PT, na noite deste sábado. Eram 21h30 quando, acompanhado da mulher, o prefeito foi surpreendido por um homem encapuzado, armado com uma espingarda, na Avenida José Belo, no bairro do Recanto das Flores. O casal estava dentro de um Fiat Pálio Weekend azul e foi abordado pelo bandido num trecho de subida, ao reduzir a velocidade do carro para passar sobre uma lombada. O criminoso, escondido atrás de um muro, posicionou-se na frente do carro e apontou a arma. O prefeito acelereou e atropelou o desconhecido. Ao olhar pelo retrovisor interno do Pálio, Ramon percebeu que outro bandido, também encapuzado, apareceu para ajudar o comparsa. O prefeito foi até à Delegacia Central da cidade, onde registrou boletim de ocorrência de tentativa de homicídio. Policiais militares da 2ª Companhia do 30º Batalhão fizeram buscas na região, mas não localizaram os bandidos, que deixaram no local da suposta tentativa de assassinato uma jaqueta de nylon azul e cinza, reconhecida pelas vítimas como sendo de um dos homens encapuzados. A polícia trabalha também com a hipótese de que a intenção dos bandidos era apenas assaltar e roubar o prefeito, ou até, seqüestrá-lo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.