Prefeito de Curitiba declara apoio a Osmar Dias

O prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB), anunciou nesta quarta-feira que vai apoiar e trabalhar como "soldado" pela eleição do senador Osmar Dias (PDT) para o governo do Paraná. O apoio de Richa estava sendo disputado entre as duas coligações que disputam o segundo turno no Estado, sobretudo porque pesquisas mostraram que ele tem avaliação positiva de cerca de 70% da população curitibana.Coordenador da campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) no Paraná, Richa acredita que esse apoio irá somar forças. A coligação que tem o governador Roberto Requião (PMDB) como candidato esperava que Richa permanecesse na neutralidade, como no primeiro turno."Conversei muito com o Alckmin nos últimos dias e chegamos à conclusão que Osmar Dias é um candidato com potencial muito grande e pode colaborar para a virada rumo à vitória", disse Richa. Além disso, o prefeito havia recebido o apoio integral do senador na sua eleição em 2004. "Apoiar o Osmar era um caminho natural do PSDB", afirmou. No entanto, nem todos os tucanos caminham junto com o prefeito curitibano. Alguns, tendo à frente o deputado estadual Hermas Brandão, que ocupa interinamente o governo do Estado, estão com Requião.Na tarde de terça-feira, Richa esteve com Requião, Brandão e coordenadores da campanha peemedebista para anunciar-lhes sua decisão. Ele acredita que foi bem compreendido. "Quando você age com coerência até os adversários te respeitam", argumentou. O prefeito também não acredita que haja qualquer prejuízo nas parcerias que o município mantém com o governo do Estado. "Nossa parceria, bem sucedida, nunca envolveu retribuição de ordem política", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.