Prefeito de Joinville nega relacionamento com miss

O prefeito Marco Tebaldi, de Joinville, distribuiu na tarde desta segunda-feira, 29, uma nota oficial sobre o desaparecimento de Taíza Thomsen, ex-Miss Joinville, Miss Santa Catarina e Miss Brasil, negando qualquer relacionamento com a jovem. Taíza não é vista desde setembro de 2006.Ele promete ainda processar um jornal da cidade por ter publicado uma entrevista com a mãe de Taíza em que ela revela que recebeu um telefonema da esposa do prefeito interrogando-a sobre o suposto envolvimento dele com a ex-Miss. Segundo a nota, o prefeito considera a entrevista como um ataque descabido e mentiroso sobre sua honra.A Polícia Federal foi notificada do desaparecimento da miss na quinta-feira passada, 25, e desde então vem trabalhando nas investigações para descobrir o paradeiro da moça. Uma das hipóteses considera que ela poderia estar no exterior, talvez na Inglaterra. Apesar do empenho, nenhuma informação consistente foi revelada até agora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.