Prefeito de Miguelópolis é cassado por corrupção

O prefeito de Miguelópolis, José Civis Barbosa Ferreira (PMDB), que estava afastado desde 28 de agosto do cargo, foi cassado pela Câmara Municipal, em sessão extraordinária que terminou na madrugada desta quinta-feira. Ferreira é acusado de várias irregularidades, como desvio de mais de R$ 1,5 milhão dos cofres públicos. O vice-prefeito Cristiano Barbosa Moura (PSDB), que administrava a cidade, foi empossado.O ex-prefeito de Miguelópolis deverá recorrer da decisão da Câmara, alegando que não teve direito de defesa. Porém, os integrantes da Comissão Processante afirmam que houve notificação e que Ferreira não participou das três audiências marcadas. Os 15 vereadores votaram cinco tópicos de ilegalidades que teriam sido cometidas por Ferreira. Em todos, o placar da votação foi de 14 a 1 contra o ex-prefeito.Cerca de 20 pessoas ligadas a Ferreira, entre parentes contratados pela prefeitura, funcionários do município e assessores diretos, estariam envolvidas no esquema e também são investigadas. A Justiça de Miguelópolis determinou a quebra do sigilo bancário, desde janeiro de 2001, de todos os outros acusados, além do bloqueio dos respectivos bens.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.