Prefeito do Rio promete aumento de 50% na bonificação de policiais de UPPs

Medida, sem prazo para vigorar, é anunciada dois dias depois da morte de policial no Complexo do Alemão

Felipe Tau, O Estado de S. Paulo

25 de julho de 2012 | 13h06

O Prefeito Eduardo Paes (PMDB) anunciou na manhã desta quarta-feira, 25, um aumento de 50% na bonificação que a Prefeitura do Rio paga aos Policiais Militares que trabalham nas Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs). Com o reajuste, que ainda não tem prazo para entrar em vigor, o bônus dado pela administração municipal a esses PMs subirá de R$ 500 para R$ 750. Cerca de 5,5 mil policiais de 25 UPPs serão beneficiados.

O anúncio ocorreu em visita do prefeito ao Complexo do Alemão, na zona norte do Rio. Na segunda-feira à noite, 23, a soldado da PM Fabiana Aparecida Souza, de 30 anos, foi morta com um tiro de fuzil após ataques de bandidos à UPP Nova Brasília, dentro da comunidade. Trata-se do primeiro policial de uma UPP a ser executado em serviço. Seu corpo foi enterrado nesta quarta-feira em Valência, no sul do estado.

Com o aumento da gratificação, que é somada ao salário pago pelo governo do Estado, a Prefeitura terá um acréscimo de R$ 15 milhões por ano nos gastos com os policiais. O orçamento passa de R$ 30 milhões para R$ 45 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.