Prefeito é morto com um tiro na cabeça em MS

O prefeito de Jutí, município a 220 quilômetros de Campo Grande, no sul de Mato Grosso do Sul, Donizete Ferreira da Costa (PMDB), 38 anos, foi morto com dois tiros na cabeça. O autor dos disparos foi o ex-vereador José Carlos Morales, mais conhecido como Dedé. Segundo informações da Polícia Civil de Dourados, Costa havia comprado uma chácara com a intermediação do ex-vereador, a quem emprestou os R$ 8,2 mil. O valor do imóvel era de R$ 35 mil e ontem o negócio seria fechado. Porém, o prefeito resolveu descontar no pagamento da chácara a quantia emprestada ao acusado. Morales discordou, houve trocas de socos.Ambos estavam armados. Costa acabou sendo baleado na cabeça, à queima-roupa. O dono da chácara e a esposa, que assistiram a briga, chegaram a ser detidos hoje de manhã, mas foram ouvidos e dispensados. Morales desapareceu logo depois do homicídio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.