Prefeito quer pit-bull fazendo segurança em cemitérios

Depois do furto de cerca de 40 peças de bronze dos túmulos de um dos cemitérios do município de Aparecida, no interior paulista, o prefeito José Luiz Rodrigues (PSDB) está sugerindo que a segurança do local seja feita por cães. Segundo ele, ?ninguém quer trabalhar como guarda nos cemitérios e a saída será colocar pit bulls para vigiar o local. Pelo menos, cachorro não tem medo de defunto?, disse.O furto ao cemitério ocorreu há três dias e, de acordo com o chefe de gabinete, Eduardo Elache, esta foi a primeira vez que levaram peças de bronze como vasos, placas e argolas dos túmulos. ?Não temos condições de ter vigia 24 horas no cemitério então acho que a solução de colocar cães é bem vinda?, disse Elache. Segundo ele, os advogados da prefeitura estão estudando a melhor forma de adquirir quatro cães. ?Ainda estamos escolhendo a melhor raça que possa ser treinada para proteger os túmulos. O prefeito disse pit bull mas isso foi força de expressão?.O prefeito de Aparecida, popularmente chamado de ?Zé Louquinho?, é conhecido na região do Vale do Paraíba por idéias inusitadas. Na posse do governador Geraldo Alckmin apareceu com o cabelo pintado nas cores do PSDB. Na lista de seus projetos ainda estão a proibição do uso de minissaia durante a quaresma e a cobrança de ingresso das pessoas que quisessem entrar na cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.