Prefeitos pedem a Lembo mais segurança em seus municípios

Dezesseis prefeitos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) e comandantes das Polícias Federal, Militar e Civil decidiram, em reunião hoje à tarde, encaminhar um ofício ao governador Claudio Lembo (PFL) reivindicando mais segurança em seus municípios. No documento, eles pedem a redução da população carcerária no Complexo Penitenciário Campinas-Hortolândia, atualmente com cerca de 7 mil detentos, e urgência nas obras de reparos nos presídios destruídos em rebeliões. E também sugerem a transferência do efetivo policial de cidades com menor índice de violência para municípios que foram alvo de ataques da criminalidade. A justificativa é a crescente agressão direcionada aos órgãos de segurança e à propriedade privada. Em 48 horas na RMC, 24 ônibus foram queimados (14 deles em Campinas), um agente penitenciário morreu, outro foi ferido e dezenas de bases e casas de policiais foram alvejadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.