Prefeitura começa a pagar pequenos fornecedores

A prefeitura de São Paulo vai começar a pagar, até o final destasemana, parte da dívida com pequenos fornecedores - que têm a receber daadministração até R$ 700 mil. A informação é do secretário de Finanças eDesenvolvimento Econômico, João Sayad. Segundo ele, a prefeitura vai pagar, no máximo, R$ 300 mil para os fornecedores que têm a receber até R$ 700 mil. Esses fornecedores representam cerca de 70% dos que prestam serviço para o governo municipal. O pagamento da dívida deve custar R$ 29 milhões aos cofres públicos.Sayad disse que o valor para o pagamento da dívida sai do orçamento das secretariasmunicipais. O pagamento, segundo o secretário, vai começar a ser efetuado a partirda publicação de uma portaria no Diário Oficial. A publicação deve ocorrer amanhã ouna sexta-feira. "Nossa preocupação é atender as empresas com maiores dificuldades. Mesmo assim, pagamentos tão diminutos, vão custar para a prefeitura R$ 29 milhões, mas nós estamos satisfeitos em poder fazer isso e aliviar as angústias e dificuldadesfinanceiras de muitas pequenas empresas que servem à prefeitura", afirmou Sayad

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.