Prefeitura de SP abre 1.468 vagas para professores

A Prefeitura de São Paulo vai realizar um concurso público para contratar 1.468 professores para a rede municipal de ensino. Desse total, 490 vagas são para os professores adjuntos de educação infantil (pré-escola) e 978 para professores adjuntos de ensino fundamental II (de 5ª a 8°ª séries). Para a vaga de professor adjunto em educação infantil, o salário oferecido é de R$ 493,36. Os interessados na vaga devem ter habilitação para o magistério ou em pedagogia. Já para a vaga de ensino fundamental II, o salário é de R$ 596, correspondendo a uma jornada de 18 horas semanais e duas horas de atividade. Há ainda a possibilidade de atuação em mais de um turno, permitindo ao profissional dobrar a remuneração. Os interessados devem ter licenciatura na disciplina pretendida: português, matemática ou ciências biológicas. As inscrições serão recebidas do dia 12 até o dia 23 de abril. A taxa de inscrição para os profissionais em educação infantil é de R$ 28. Para os profissionais do ensino fundamental, o valor é mais alto: R$ 33. Nos dois casos, as inscrições devem ser feitas nas agências do Banespa. Os candidatos devem levar original de um documento de identificação. No entanto, quem preferir pode se inscrever via internet no site da Fundação Carlos Chagas, organizadora do processo seletivo, no www.fcc.org.br. Nesse caso, porém, o prazo final para a inscrição é dia 22, às 20h30. Também serão aceitas inscrições por procuração. As datas e os locais das provas ainda não foram divulgados, entretanto, há uma previsão de que as avaliações objetivas ocorram nos dias 20 ou 27 de junho. A validade do concurso é de dois anos, prorrogável pelo mesmo período. Quem quiser outras informações pode acessar o site da Fundação Carlos Chagas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.