Prefeitura de SP estuda antecipar volta do rodízio de veículos

A cratera do metrô pode antecipar a volta do rodízio municipal de veículos. Quem disse isso neste sábado foi o prefeito Gilberto Kassab. ?Se a Marginal do Pinheiros continuar fechada até segunda-feira, independentemente de só a pista local ou as duas, volta o rodízio municipal.? Pelo cronograma normal, a restrição da circulação ficaria suspensa até o dia 29 deste mês. Kassab explicou que aguarda laudo do Metrô para saber se a Marginal aberta prejudicará a operação no local.Nesta manhã, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou tráfego bastante intenso na Marginal Pinheiros, da Rua Quintana até a Ponte Eusébio Matoso, trecho bloqueado desde anteontem. Com as duas pistas da marginal interditadas, os motoristas enfrentaram trânsito também nos dois principais caminhos alternativos da região: na Avenida Bandeirantes, da Praça Carananduba até a marginal, e na Avenida Brigadeiro Faria Lima, da Alameda Gabriel Monteiro da Silva até a Rua Teodoro Sampaio. Ainda não há previsão para liberar as pistas.Na Ponte Bernardo Goldfarb, o tráfego era desviado da pista local da marginal em direção à Avenida Rebouças por dois homens da CET, preparados para ouvir os mais inusitados comentários dos motoristas. ?Ô do buraco? Tá indo bem aí??, gritou uma motorista. ?A gente tem que engolir cada sapo. Só não respondo porque ela tem idade para ser minha filha?, disse um dos marronzinhos. Segundos depois, outro motorista engraçadinho: ?Esse buraco ainda? Ah, isso vai durar seis meses.? Em menos de cinco minutos, outra pérola: ?Está aberto à visitação pública? Eu quero ver o buraco.? A informação mais procurada era sobre como chegar à Rodovia Castelo Branco. ?Pegue a Ponte Eusébio Matoso e siga em direção à (ponte) da Cidade Universitária. Você já cai quase lá?, explicava o marronzinho. ?Aqui a informação não pode demorar mais de dez segundos, senão pára tudo.?Muitos motoristas, no entanto, se irritaram com o trânsito em plena manhã de sábado. Rostos impacientes desfilavam em frente aos homens da CET. A dentista Thais Cristina Garcia, mais do que irritada com o trânsito, estava nervosa porque não conseguia chegar à Praça Panamericana. ?Preciso levar a Cookie (cachorra da raça pitbull) ao veterinário e não conseguimos chegar. Ela está convulsionando?, afirmou. ?É inacreditável que fechem a pista expressa e nos deixem num trânsito desse por causa do buraco?, afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.