Prefeitura de SP investirá R$ 53 mi em 40 mil pontos de luz

A Prefeitura de São Paulo planeja investir neste ano R$ 53,5 milhões na instalação de 40 mil novos pontos de luz na capital paulista, informou hoje o vice-prefeito Hélio Bicudo. Os novos pontos de luz ampliarão em 8% a rede de iluminação pública de São Paulo, beneficiando 2 milhões de pessoas no prazode um ano."Esses novos pontos de luz serão instalados em locais que as pessoas estão totalmente na escuridão", disse Bicudo. "Essesinvestimentos significam melhoria de qualidade de vida." O vice-prefeito lembra que a melhoria da iluminação pública tem umreflexo positivo nos índices de criminalidade. "Quando ampliamos a iluminação na Avenida Antártica (na zona Oeste de SãoPaulo), tivemos um mês depois uma redução, de 66% no número de ocorrências policiais no local." Em função dessa constatação, áreas na periferia serão priorizadas nos investimentos. A expectativa da prefeitura é a de instalar, ainda em fevereiro, 4.431 novos pontos em ruas das subprefeituras do Jaçanã, Tremembé, Campo Limpo, M´Boi Mirim, Socorro, São Mateus, Itaquera, Parelheiros, Ipiranga, São Miguel, Freguesia do Ó, Pirituba, Jaraguá e Perus. A partir de março, o governo municipal pretende lançar 3.500 novos pontos de luz a cada mês.O Departamento de Iluminação Pública (Ilume) da prefeitura informou que as novas lâmpadas a serem instaladas em São Pauloserão de vapor de sódio, que consomem 30% menos energia elétrica e proporcionam maior luminosidade que as antigaslâmpadas, a vapor de mercúrio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.