Prefeitura de SP quer instalar parquímetros eletrônicos

A Secretaria dos Transportes da Prefeitura de São Paulo pretende lançar em maio um edital para a instalação de parquímetros eletrônicos na cidade. Em sua sede há um aparelho de demonstração instalado por uma empresa que, segundo o secretário Jilmar Tatto, é bastante semelhante a todos que viu em catálogos. Na prática, se o equipamento for de fato aquele, não será o fim do Zona Azul, mas uma forma de conseguir automatizar a venda de bilhetes. Semelhante aos pontos-de-venda eletrônicos de passagens do metrô, o aparelho emitiria o tíquete que depois seria colocado no carro, como ocorre hoje. O modelo permite a inserção de cédulas e moedas para a compra. Se for mantido esse processo, o estacionamento em locais públicos não mudaria muito, mas o prejuízo da administração com a falsificação poderia ser reduzido. Além disso, sem atravessadores, os motoristas poderiam pagar o preço oficial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.