Prefeitura decide remanejar 37 guardas-civis

A Secretaria de Segurança Urbana de São Paulo remanejou ontem 37 GCMs. A mudança no endereço de trabalho foi publicada no Diário Oficial da Cidade. Segundo o Sindicato dos Guardas-Civis Metropolitanos (SindiGuardas), apenas guardas que aderiram à greve foram transferidos. Na Inspetoria do Gabinete do Prefeito, no centro, oito grevistas foram transferidos. Em nota, a Prefeitura negou que as transferências tenham relação com a paralisação. "É ato administrativo rotineiro. Remoção e transferência ocorrem com frequência e são feitas de acordo com as necessidades dos serviços", afirma.

Cristiane Bomfim, O Estadao de S.Paulo

29 Agosto 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.