Ricardo Moraes/Reuters
Ricardo Moraes/Reuters

Prefeitura do Rio termina trabalho de remoção de escombros de prédio que caiu e matou pai e filha

Desabamento do prédio na zona oeste do Rio, ocorreu na madrugada da última quinta; esposa e irmã do falecido seguem internadas

Denise Luna, O Estado de S.Paulo

05 de junho de 2021 | 16h20

Rio - A prefeitura do Rio finalizou na noite de sexta-feira, 4, o trabalho de remoção dos escombros do imóvel que desabou na quinta-feira, em Rio das Pedras, fazendo duas vítimas fatais e deixando outras quatro feridas. Em dois dias de trabalho, foram recolhidas mais de 300 toneladas, liberando o acesso à via. 

Uma criança e o pai dela, de 30 anos, morreram no desabamento. A construção era irregular e desmoronou na madrugada, obrigando a evacuação da área no entorno e deixando várias pessoas desabrigadas. 

Neste sábado, técnicos da Defesa Civil ainda trabalham na Rua das Uvas, atendendo e orientando moradores. Três residências continuam interditadas no local, mas as ruas que haviam sido interditadas já foram liberadas, disse a Prefeitura em nota.

A Secretaria Municipal de Assistência Social informou que ainda está atendendo 85 pessoas de 29 famílias na cena de desabamento em Rio das Pedras, e que foram ofertados colchonetes, kit travesseiro com lençol e cestas de alimentos. A equipe está atendendo as famílias que precisam de atendimento social, como apoio psicológico. Segundo a prefeitura, também foi dado suporte para os sepultamentos das vítimas. 

A equipe da Assistência Social está trabalhando para que os moradores voltem para suas casas e recuperem seus pertences, além de receber doações no Centro de Referência da Assistência Social (Cras) da região.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.