Prefeitura e Eletropaulo iniciam poda de árvores na capital

A partir desta semana, a Secretaria das Subprefeituras e a Eletropaulo vão podar ou remover 148 árvores na cidade de São Paulo. A parceria foi firmada para casos que ameaçam a rede elétrica e equipamentos urbanos, com riscos à população e imóveis próximos, principalmente nos dias de chuva forte.Serão podadas ou removidas árvores nas zonas sul e oeste e no centro da cidade, além das regiões das cinco subprefeituras que mais recebem solicitações: Sé, Vila Mariana, Butantã, Lapa e Pinheiros. De acordo com levantamento das 31 subprefeituras, há entre 600 e 700 árvores que apresentam problemas em São Paulo, mas que só devem ser podadas ou removidas em outras etapas do programa.O término das podas está previsto para o início de maio. As árvores foram vistoriadas por um engenheiro agrônomo da prefeitura e receberam laudo específico determinando se será feita a poda ou a remoção. Nos dias programados, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) irá isolar a área para que nenhum carro estacione próximo ao local e corra o risco de ser atingido.A Eletropaulo vai avisar aos moradores e desligará a rede de energia elétrica para que a equipe de poda da subprefeitura possa realizar os trabalhos. Ao mesmo tempo, as subprefeituras realizarão levantamento de problemas em outras árvores que necessitam de poda na cidade.Com essas informações, a Eletropaulo vai realizar uma análise técnica em cada um dos arbustos envolvidos. Em abril, ocorrerá o cruzamento dos dados para possibilitar a elaboração de um novo cronograma de poda na capital paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.