Prefeitura economiza até no cafezinho

Minimizada pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM) nas eleições, a crise financeira está levando a Prefeitura a regular até o cafezinho dos funcionários. Ontem, o secretário municipal de Serviços, Dimas Ramalho, publicou no Diário Oficial um conjunto de normas para os departamentos da pasta. As restrições se estendem às ligações para celulares e interurbanos, que terão de ser autorizadas pela chefia, e à "requisição oral" de até 20 cópias reprográficas. A assessoria de Kassab afirmou que foi o jeito encontrado por Dimas para se enquadrar na política de redução de custos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.