Prefeitura estuda uso de parquímetros eletrônicos em SP

Secretaria dos Transportes pretende lançar em maio um edital para a instalação de parquímetros eletrônicos na cidade. Na prática, não será o fim do sistema de zona azul, mas uma forma de automatizar a venda de bilhetes. Semelhante aos pontos de venda eletrônicos de passagens do metrô, o aparelho emitiria o tíquete, que depois seria colocado no carro, como ocorre hoje. O modelo permite a inserção de cédulas e moedas para a compra. Se for mantido esse processo, o estacionamento em locais públicos não mudaria muito, mas o prejuízo da administração com a falsificação poderia ser reduzido. Além disso, sem atravessadores, os motoristas poderiam pagar o preço oficial em vez de ficar a mercê dos ambulantes e dos comerciantes que, mesmo cadastrados pela administração, vendem os bilhetes mais caro.

Agencia Estado,

13 de abril de 2003 | 16h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.