Prefeitura interdita Parque do Povo

O Parque do Povo, em Cidade Jardim, zona sul, com uma área de 112 mil m², foi interditado nesta manhã pela Prefeitura. Um circo-escola e onze grêmios que funcionam no local faziam uso particular da área, cobrando pelo uso do espaço, que deveria ser público. Os portões que dão acesso ao parque foram bloqueados.A partir de hoje, haverá policiamento 24 horas no parque, feito pela Guarda Civil Metropolitana (GCM), com apoio da Polícia Militar, para evitar a volta do uso irregular. A Prefeitura pretende entregar o parque, que passará por uma ampla reforma, em um ano.Acompanharam a interdição o subprefeito de Pinheiros, Antônio Marsiglia Netto, e o secretário de Estado Walter Feldman. A operação foi realizada por uma equipe de 300 pessoas, formada pela GCM, a PM, a Polícia Civil, a CET, Conselho Tutelar, Vigilância Sanitária, Contru, Eletropaulo, Sabesp, Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Saúde, além de funcionários da Subprefeitura de Pinheiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.