Prefeitura retoma operação para inibir tráfico na Cracolândia

A Subprefeitura da Sé, com participação das polícias Militar e Civil, da Guarda Civil Metropolitana, do Contru, da Secretaria de Saúde, da Assistência Social e da Limpurb, retomou a operação Nova Luz, com o objetivo de inibir o tráfico de drogas e a prostituição na região conhecida como Cracolândia.Um ano após a intervenção feita em conjunto pela Prefeitura e a Polícia Militar para tentar coibir a venda e o consumo de drogas na região, traficantes e usuários de drogas voltaram dominar as calçadas e hotéis do quadrilátero mais degradado e perigoso do Centro de São Paulo. A operação começou por volta das 8 horas e conta com 120 pessoas, que irão vistoriar estabelecimentos comerciais como hotéis, bares, guarda-volumes e lojas no perímetro formado pelas avenidas Duque de Caxias, Cásper Líbero, Ipiranga e Rio Branco, além das ruas Mauá e General Couto de Magalhães.Vinte presosVinte pessoas foram presas na última sexta-feira, dia 17, em uma megaoperação feita pelo Departamento Estadual de Narcóticos (Denarc). Entre os presos, estava o traficante Maurício Antônio Caetano da Silva, de 37 anos, o "Irmão Maurício", apontado como o chefe do tráfico de drogas na região. Na madrugada de sexta, a reportagem do JT flagrou muitos usuários consumindo crack no local, mesmo com a presença da Polícia Militar, que tem duas bases comunitárias na região, uma em frente à Praça Júlio Prestes e outra em uma das travessas da Avenida Duque de Caxias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.