Prefeitura terá R$ 247,39 mi do BNDES para transportes

A diretoria do BNDES aprovou a concessão de financiamento no valor de R$ 247,39 milhões à Prefeitura de São Paulo para apoiar a implantação da primeira etapa do Programa Prioritário de Transportes do Município. O investimento total será de R$ 645 milhões nesta primeira fase, que será executada em cerca de dois anos. A prefeitura aplicará no projeto R$ 220 milhões em recursos próprios e os concessionários privados investirão R$ 178 milhões para aquisição da frota. A contratação do financiamento do BNDES dependerá ainda de autorização específica do Senado, por tratar-se de operação de crédito a ser efetuada com instituição do setor público.As equipes de análise técnica do BNDES destacaram como méritos do Programa Prioritário de Transportes do Município de São Paulo a expansão da capacidade do sistema de transporte público da capital paulista; melhoria das condições de conforto, segurança, confiabilidade e qualidade de transporte para mais de 550 mil usuários/dia e diminuição de acidentes, entre outros. O BNDES lembrou, através de nota, que vem financiando os investimentos do metrô de São Paulo há vários anos e atualmente está apoiando, com um crédito de R$ 767 milhões, o programa de investimentos em modernização e expansão do metrô.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.